Professor da Faculdade São Miguel dos Cursos de Tecnologia Ganha Prêmio na Área de Empreendedorismo

Essa semana o professor Eraldo Guerra da Faculdade São Miguel, que ministra a disciplina de empreendedorismo. Ganhou junto com sua equipe o WSA, que é um dos maiores do mundo em conteúdo digital. A iniciativa conta com a participação de milhares de inscritos de 150 países que, em concursos locais, seleciona as melhores práticas e projetos em 8 categorias. No Brasil, também há a categoria especial Accessibility, que escolherá entre os inscritos o produto/conteúdo que mais se destacar pelos recursos de acessibilidade digital, tendo como referência os critérios do W3C.

Trata-se de um verdadeiro festival tecnológico de diversidade, inovação, acessibilidade e inclusão. Muito mais do que trabalhos de vanguarda, o WSA nasceu com o objetivo de reforçar a mensagem de que as tecnologias da informação e comunicação representam, nos dias de hoje, cada vez mais, ferramenta indispensável para o desenvolvimento, seja no plano pessoal, nacional ou global. Por isso, conta com o apoio da ONU e de grandes organizações e empresas internacionais.

A startup Cangame do professor Eraldo Guerra, foi a grande campeã! Ganhando em sua categoria perante as 8 do evento que foi a de inclusão e capacitação e na categoria especial de acessibilidade.

As categorias são:

1 – Governo e participação cidadã: Fornecimento de soluções de conteúdo das administrações públicas, incluindo os indivíduos, empresas e organizações, para melhorar significativamente a profundidade de serviço e qualidade;

2 – Saúde e bem-estar: Cuidados com o bem estar, ferramentas de gestão para profissionais, informações para o paciente/cliente e democratização do acesso à saúde;

3 – Aprendizagem e educação: Atender as necessidades dos alunos na aquisição de conhecimentos e habilidades para um mundo complexo e globalizado; transformando escolas, universidades e outras instituições de ensino e a criação de comunidades de aprendizagem eletrônica e soluções para treinamento corporativo;

4 – Ambiente e energia verde: Serviços de entretenimento digital, recursos para cinema, teatro e televisão online, jogos digitais, comunidades virtuais e aplicativos interativos;

5 – Cultura e turismo: Preservação e apresentação do patrimônio cultural em linha com os desafios do futuro, demonstrando bens culturais de valor claro e informativo utilizando a tecnologia state-of-the-art, desenvolvimento da diversidade de culturas, sub-culturas e da natureza multilingual das sociedades;

6 – Assentamentos inteligentes e urbanização: Utilização das TIC para relatar as notícias e apresentar histórias de uma forma interativa, com novos dados e compartilhamento de informações, apresentando os trabalhos de jornalismo que usam a web para texto, imagem e vídeo;

7 – Negócios e comércio: Suporte e otimização de processos de negócios, novos modelos eletrônicos para o comércio presencial e online, segurança nas transações pela Internet, incentivo à digitalização de pequenas e médias empresas, aperfeiçoamento do atendimento a clientes;

8 – Inclusão e capacitação: Medidas de apoio à integração da sociedade mundial da informação, envolvendo os países menos desenvolvidos na sociedade do conhecimento, reduzindo a diferença digital entre os capacitados e a tecnologia de comunidades ou grupos excluídos, como as zonas rurais, as mulheres, os idosos, os deficientes e as crianças; fortalecimento da participação social e política dos indivíduos e grupos através das TIC; responsabilizar os cidadãos e partes interessadas nos serviços públicos;

9 – Categoria Especial Acessibilidade: No Brasil, entre os inscritos será escolhido e premiado o produto/conteúdo que mais se destacar pelos recursos de acessibilidade digital, tendo como referência os critérios internacionais do W3C.

CanGame é um instrumento de aprendizado personalizado para Autistas, TDAH, déficit de Atenção, Transtornos que envolvem o aprendizado e etc. A proposta é que essa personalização permita criar conteúdo esPECífico para o usuário, utilizando fotos, textos de apoio, áudio e vídeo na sequência que forem mais apropriadas para utilizar o conhecimento cognitivo e social. O mesmo pode ser utilizado por pais, educadores e profissionais de saúde que acompanham o desenvolvimento desses indivíduos. Através da criação de rotinas de aprendizado sociais, de comunicação, do emprego apoiado, da educação inclusiva, da vida diária e em tudo que sua criatividade permitir e o indivíduo precisar. Tudo isso sem qualquer tipo de constrangimento social e com registros da evolução do tratamento.

 

Equipe Conectando Universitários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *